O Passo 1 e Passo 2 trataram dos assuntos relacionados ao entendimento da organização (fabricação e vendas de uniformes profissionais) e da maneira utilizada para segmentar os clientes. Bases de clientes foram criadas: à desenvolver, à conquistar e à recuperar. Cada consultor da empresa tem suas bases e trabalham em cima dela durante todo o mês, atualizando-a diariamente com ações e interações.  Para um bom relacionamento com o cliente, o consultor necessita de informações atualizadas, confiáveis e com integridade, podendo acessá-las de maneira rápida. Como gerenciar tanta informação? A tecnologia da informação aplicada ao negócio entra como um forte aliado para essa necessidade empresarial. Esse post apresenta a implantação de um módulo de sistema CRM (r.henell CRM) utilizado na gestão do relacionamento com o cliente, visando suprir as necessidades apresentadas anteriormente.

A tela principal do sistema apresenta a principais informações para o administrador (ou Diretor). Ela é adequada para cada perfil: Consultor ou Diretor. Nela você pode verificar a lista de clientes, a base e consultor a que a mesma pertence, interações e ações realizadas. As interações são o que o consultor fez com o cliente: contato telefônico, visita, data, assuntos relevantes. Já as ações podem ser entendidas como tarefas atribuídas pelo diretor para cada consultor, com prazo e status de realização.

Tela principal - CRM
Tela principal - CRM
Cadastrar Cliente
Cadastrar Cliente

O cadastro de cliente não pode ter somente aquelas informações básicas (Nome, CNPJ, Endereço, Fone, etc) , mas sim informações relevantes para vendas, tais como número de funcionários, produtos de interesse, característica principal, principais produtos adiquiridos, de acordo com os interesses da empresa. Esse cadastro deve ser constantemente atualizado.

Interações com o cliente
Interações com o cliente

Cada consultor irá interagir com sua base, com a possibilidade de adicionar contato, verificar histórico de interações e ações. A utilidade do sistema irá depender dessa inserção de informações. Caso elas sejam pouco importantes não vai adiantar de nada a utilização do sistema. Texto como “Visita realizada” é muito vago! O consultor deve utilizar o sistema como uma segunda memória: “Visita realizada, o cliente reclamou da demora, exigiu mais atenção no próximo pedido, mudou a logomarca da empresa, o orçamento deve ser refeito”. Essas últimas informações são valiosas para geração de relatórios e análises, tanto para o consultor como para o Diretor.

Lista de Ações
Lista de Ações

O sistema deve reunir essas informações em uma fonte de dados única e disponibilizá-la de maneira confiável e rápida. Para isso, tecnologia é o que não falta:  DataWarehousing, BI, ERP, DataMining. Mas não podemos esquecer o fator humano.

Não sei se vocês perceberam, mas esse passo (implantar o sistema) não é o final do CRM! Isso envolve muitos outros módulos e talvez não tenha um fim: é algo em constante evolução.

Cheguei ao final do projeto bastante feliz! Duas semanas antes da apresentação a minha orientadora perguntou se eu estaria satisfeito em somente passar na disciplina e eu respondi que sim. Mas nas últimas semanas, dei um “gás” no projeto! Precisava ver a cara de surpresa da Professora (não tem preço!). O Projeto foi um sucesso! Professora Elaine Harada, muito Obrigado! Agradeço também ao Augusto César da empresa Bicho da Seda, por todo conhecimento compartilhado.

Forte Abraço!

4 comentários em “Sistema CRM Empresa de Uniformes Profissionais – Passo 3

Contribua com seu comentário. Será bem vindo(a)!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s