Participei de um curso sobre Modelagem de Processos de Negócio Conceitual, ministrado pela Vanessa Nunes, que faz parte do grupo NP2TEC. Irei explanar alguns conceitos e entendimentos envolvidos no mesmo.

Já havia participado desse curso antes, sendo que o público era somente o pessoal da TI. Nesse, houve a presença de representantes do cliente. Achei importante essa participação pois assim o cliente percebe quão fundamental é seu conhecimento na modelagem de processo ou no desenvolvimento de um novo sistema. Importante também para o modelador, que deve conhecer os padrões de modelagem.

Começamos conceituando Processo: conjunto de ações interrelacionadas e interativas que transformam insumos em produtos ou serviços. Pela palavra Processo ser utilizado nas mais diversas áreas, devemos relacionar esse conceito como sendo processo de negócio. O mapeamento de processo visa produzir um entendimento comum em todos os níveis da organização. O gerente sabe das atividades do supervisor que sabe das atividades e responsabilidades do operador que sabe das atividades do gerente. Abaixo tem um modelo de representação de um processo.

Exemplo de Mapeamento de processo
Exemplo de Mapeamento de processo

O compartilhamento de informações com entendimento comum evita-se retrabalho, pois você consegue enxergar onde determinado trabalho já vem sendo feito. Você pode verificar se o seu trabalho (processo) está sendo realizado da maneira correta e propor melhorias para o mesmo.
Com esses benefícos, espera-se que, antes de solicitar um sistema, por exemplo, o cliente começe a questionar: Comprar um sistema pra quê? Ele vai ajudar em qual parte do processo? Vai melhorar os indicadores? Existem outras áreas impactadas?

O trabalho do modelador é fazer com que o cliente pense no seu trabalho!
“-Você sempre executa dessa maneira? Tem certeza que essa é a melhor forma? O antendimento é sempre feito por telefone? Já verificou se em outros locais fazem dessa maneira? ”
Apesar do modelador não saber “nada” do “core” da empresa, com a modelagem de processo ele consegue fazer com que os envolvidos na tarefa pensem sobre seu trabalho.

Passamos da organização funcional para organização por processo:
Empregado é o problema -> Processo é o problema
Medidas individuais -> Medidas por processo
Muda a pessoa -> Muda o processo

Com certeza só o mapeamento não vai resolver todos os garlgalos organizacionais, mas uma base de como a empresa é hoje (AS-IS) é criada, para então começar a construir como ela deve ser (TO-BE).
Conceitos como objetivo (razão de ser do processo), evento (acontecimento que provoca uma ação), macro-processo, processo, atividade (decomposição do trabalho em ações), regras de negócio, etc., estarão presentes nesse caminho na busca pela excelência empresarial.

Aguardem novos post, BPMs será um deles.

Forte abraço!

2 comentários em “Ensaio sobre Mapeamento de Processo

Contribua com seu comentário. Será bem vindo(a)!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s